I knew I belonged to the public and to the world, not because I was talented or even beautiful, but because I had never belonged to anything or anyone else.

— Marilyn Monroe
Ms. Psycho Sexxxy
Welcome to the whore house ask me hookers and pimps
Por favor, não vai embora. Ninguém nunca ficou comigo por muito tempo antes. Eu só me lembro de coisas boas que aconteceram com a gente. Quando eu olho para você eu estou em casa, eu me sinto em casa. Por favor, eu não quero que vá embora. Eu não quero esquecer.
Procurando Nemo   (via trovoava)
NOSSA UNIVERSO, HOJE TÁ FODA.
Me abraçou apertado, num gesto desesperado, saudade mútua ela se entregou pra mim.
Projota.  (via thiaramacedo)
Então tentar prever serviu pra eu me enganar.
Los Hermanos   (via quase-heroi)
Eu odeio que encostem o cotovelo, a bunda ou uma cerveja molhada em mim enquanto eu tento encontrar um espaço para dançar. Eu odeio que encostem em mim, odeio a pele de um desconhecido indesejado. Odeio homens que olham para bundas como se admirassem uma carne pendurada no açougue e odeio mais ainda quando fazem bico e aquele sim com a cabeça, tipo “concordo com o mundo que ela é muito gostosa”. E se ele fizer aquela chupada pra dentro do tipo “hmmmmm delícia” já é algo que ultrapassa os limites do meu ódio. Odeio mau hálito e mais ainda o fato de que justamente as pessoas podres são aquelas que falam mais baixo e nos obrigam a ter que chegar perto. Eu odeio machismo, submissão e mais do que tudo isso ter que ser forte o tempo todo e não ter um ombro másculo para chorar até minha última gota desamparada. Odeio pessoas muito oleosas, muito peludas, muito suadas e acima de tudo meninas que cheiram a lavandas e gostam de adesivos de ursinho. Odeio quem comemora porque passou numa faculdade que meu primo de 8 anos passaria e quem diz “peguei a mina”. Odeio os Estados Unidos mas odeio muito mais o fato de a gente ter sangue europeu mas ficar imitando esses estúpidos, que também têm sangue europeu mas são estúpidos por herança criada. Odeio a frase “eu vou no super, comprar umas cervas para o churras”. Odeio quem passa o dia no shopping com a família, churrascaria com aquele desfile de bichinhos mortos, principalmente porque você está lá tranqüilamente comendo e vem alguém com um espeto (que é grosseiramente imposto ao seu lado), te espirra sangue, fala um nome idiota e você nunca sabe exatamente de que parte se trata. Odeio quem casa virgem, odeio quem chega em casa depois de uns malhos no carro e enfia o dedo no meio das pernas porque tava louca para dar mas “ele ia me achar muito fácil”. Mas eu também odeio mulher que sai dando pra meio mundo e perde o mistério. Sei lá, essa coisa toda de dar vai ser sempre uma dúvida. Odeio meninas caçadoras de homens ricos mas odeio sair com um cara que está tentando começar um relacionamento e ter que rachar a conta, seria mais simpático me deixar pagar a conta toda. Rachar é péssimo. Dividir banheiro, pêlo alheio em sabonete, acordar cedo e meninas adolescentes peruas com voz de pato. Quando eu era criança sonhava todas as noites que arrancava os olhos de todo mundo e só eu podia enxergar o quanto era feio eu ser como sou.
Tati Bernardi. (via heinekerr)
Quando você me lança aqueles olhares profundos, posso ver lá na íris que você é um ser humano decente e vai ver é por isso que, estranhamente, gosto de ficar perto de você. Me faz bem, sei lá.
Gabito Nunes. (via heinekerr)
Só faltam 5 meses pra 2015? Porra, por onde eu andei? Será que dormi tanto tempo assim?
Sou um tipo de pessoa, que escuta as coisas, e fica o dia inteiro com elas na cabeça.
O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.
Salmos 30:5.  (via mists)
Só quero que saiba que eu com você ou sem você, ainda continuará sendo nós.
Thiara Macedo (sdpm)
Muito doce, enjoa rápido.
faço do seu corpo poesia
beijo a sua alma
sito o cheiro da sua pele
então estou no paraíso
sem perceber estou perdido
toda a raiva perde o sentido.
— Anthony Portes   (via nevou)
pula esse blabla e me beija
Se quer saber minha opinião, nunca é tarde demais ou, cedo demais pra ser quem quiser ser. Não há limite de tempo. Comece quando você quiser. Você pode mudar ou ficar como está. Não há regras pra esse tipo de coisa. Podemos encarar a vida de forma positiva ou negativa. Espero que você encare de forma positiva. Espero que veja coisas que surpreendam você. Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes. Espero que conheça pessoas com um ponto de vista diferente. Espero que tenha uma vida na qual se orgulhe, e se você descobrir que não tem… Espero que tenha forças pra conseguir começar novamente.
Benjamim Button. (via inverbos)
Realmente, as coisas só dão certo quando a gente fecha a boca e não conta pra ninguém.

FS ©